Apenas por pessoas de alma já formada

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Inteligência emocional

16 horas. Que nervosismo é esse? Calma. Respira fundo. Você já fez isso milhares de vezes. Ele não é novo na praça. É figurinha repetida. Por que esse frio na barriga então? Você já tinha planejado tudo. Seria o gelo em pessoa. E agora os seus nervos estão estragando tudo. Calma. Respira fundo. Você não gosta dele da mesma maneira que antes. Você sabe que não passa de amizade. É apenas um carinho que você carrega no peito por tudo que ele já foi e significou para você. Não passa disso. Não é mais amor. Por que seu corpo insiste em lhe fazer passar por isso, então? O frio na barriga só parece se agravar a cada minuto que passa. Isso não é justo. Era tudo o que você queria. Sentir suas pernas tremerem por alguém novamente, mas não por ele. Não de novo. Vocês terminaram e nada mais dá certo entre vocês. Então, pára corpo. Pára, porque vocês dois não podem voltar. Você já sabe que ele não é o seu príncipe encantado e não adianta forçar um sapo a se transformar em algo que ele nunca será.
posted by mente inconstante at 22:40

8 Comments:

Obrigada por ter lido!
eu sigo muitos blogs, só os que me inspiram eu ponho nos links, apesar que eu queria por todos ^^ , orbigada vanessa, adoro seu jeito de escrever , vc ficou meio afastada correria?
verdade, concordo com vc, sei como é isso, uma amiga minha, passou por isso, o namorado pediu tempo, e eles voltaram apenas a ser amigos só que a menina ainda gosta do cara, tem coisas na vida que vc tem q evitar, porque a amizade nunca sera a mesma,
beijos Lívia!

14 de janeiro de 2010 23:55  

Nossa...
Como podemos controlar as emoções???
Ainda não aprendi isso e já passei por cada uma, mas isso vamos deixar em off!!!

Bjs

15 de janeiro de 2010 07:01  

Quando amamos, mesmo que já tenhamso estado várias vezes com aquela pessoa, sempre temos aquela anciedade como na primeira vez.é inevitável.

Beijujubas

15 de janeiro de 2010 10:30  

figurinhas repetidas sempre surpreendem,o pior é as emoções que não tem como segurar hehehe
:*

15 de janeiro de 2010 13:09  

Nossa...já passei por isso...
heheheheh

belo texto!

Beijoos

16 de janeiro de 2010 12:56  

É terrível passar por isso. A gente quer mostrar que não tem mais nada, mas vem o nervosismo e estraga tudo..
Muito bom
Bjus

16 de janeiro de 2010 21:48  

Ah! Os nervos... eles nunca se comportam, não é?

Beeeijo.

17 de janeiro de 2010 16:11  

veeeelho, j-u-r-o que me ARREPIEI lendo, tu escreve mt bem chica, amei mesmo. parabéns *-* meus nervos sempre me entregam, é uma chatisse :x
continue assim e agora venho sempre, beijos :*
-
www.storiesmari.blogspot.com

19 de janeiro de 2010 01:12  

Postar um comentário

<< Home