Apenas por pessoas de alma já formada

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Será?

Você gosta de alguém. Ele parece gostar de você também, mas não passa de uma mera suposição. Você não tem certeza a respeito. Então, fica na sua. Não diz nada. Não quer arriscar levar um fora. Alguns meses se passam e por acaso você encontra o msn dele em um perfil na internet. Você não pensa duas vezes. Adiciona e conversa com ele, por horas e mais horas. Descobre que vocês dois tem mais em comum do que (não) aparentam. (O que é uma ótima surpresa.) Cada dia que conversam, você fica mais segura, até que decide por fim se declarar e eis a decepção. Ele está namorando e o pior (pior por ser melhor) ele é fiel. Vocês não ficam, mas viram amigos. Anos se passam. Ele liga. Diz que quer se encontrar com você. Vocês nunca haviam saído juntos. Eram amigos de msn apenas. Mas você aceita ainda assim, por mais que ache estranho essa repentina saída. Vocês comem alguma coisa, conversam por horas até que, no último minuto, quando estão se despedindo, você sente o corpo dele próximo demais do seu. Ele, então, diz ter terminado o namoro (aquele bendito namoro) já há alguns meses. Ele diz isso lançando aqueles longos olhares na sua direção. É, então, quando você percebe. A saída de vocês era um encontro e você não sabia. Você olha para o chão, fingindo não perceber, mas seu coração volta a bater forte por ele. A cena congela na hora e a pergunta na sua cabeça ecoa: será que é tarde demais para tentar uma possibilidade depois de tantos anos? Você tira a cena do pause e continua. O botão 'play' precisa ser apertado. E o que você faz? Retribui o olhar, evitando pensar duas vezes, e finalmente dá aquele beijo nele. Quer saber? Nunca é tarde demais para uma segunda chance.

Marcadores:

posted by mente inconstante at 14:56

21 Comments:

Nunca é tarde mesmo!

23 de setembro de 2009 15:45  

Não...Nunca é tarde.Sempre podemos recomeçar ou tentar novamente.
Lindooo *_*
Já te disse que vc escreve bem dimais?
bjokas.

23 de setembro de 2009 17:50  

Ai que linda a historia, é veredica?

adorei demais o blog, beijos!

23 de setembro de 2009 19:04  

Gostei muito do texto, Vanessa.
Adorei a história :)
beijos

23 de setembro de 2009 21:19  

Só para avisar q atualizei meu blog.Bijocas
www.camarapensadora.blogspot.com

24 de setembro de 2009 07:11  

é novo sim o blog querida.
Coloquei vc la porque adorei seus textos e quero cntinuar lendo =)

volte sempre tb, beijao.

24 de setembro de 2009 13:25  

aiiiiiii
muito lindo
ameii!!!

24 de setembro de 2009 15:51  

eu sou pessima com segundas chances mas nesse caso ai acho valido a existencia de uma ^^

24 de setembro de 2009 18:18  

Escreves bem mesmo. Sempre!
Fato consumado: tua escrita arranca sorrisos de cá.

25 de setembro de 2009 09:11  

Nunca é tarde demais!
Isso mesmo!

Linda a história.
Beijo.

25 de setembro de 2009 15:19  

nunca é tarde pra ser feliz né ;] ah sim, e eu fiz a poesia que eu te falei, se puder dá uma passada por lá :DD
a Ceci me falou que ia ficar sem net por um tempo, não disse porque exatamente, disse que depois explicava, slá :S
tá lindo o seu post, como sempre né :***

26 de setembro de 2009 11:14  

Nunca é tarde demais (:

26 de setembro de 2009 12:38  

Parece que eu estava no meio dessa história, mas eu cansei de esperar o término desse namoro e segui minha vida!

27 de setembro de 2009 12:09  

E ainda bem, que nunca é tarde!

27 de setembro de 2009 18:24  

O.o
Que texto liiiindddooo.
Tem selos no meu blog esperando por vc.

28 de setembro de 2009 19:16  

Sou totalmente a favor de segundas chances.
Lindo o texto.

29 de setembro de 2009 08:06  

Segudas,terceiras e infinitas chances pra quem gosta de verdade,vale a pena. E como vale a pena (experiência viu)
beijos,amo teu blog!

2 de outubro de 2009 14:25  

Ah para se estar com que gostamos vale tudo quantas chances for preciso o que importa [e ser feliz!

Beijocas!

6 de outubro de 2009 01:11  

O amor procura o aconchego
Duas almas suspiram em entrega total
Explode a paixão, enlouquece o querer
O amar às vezes é pecado mortal...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu


Doce beijo

7 de outubro de 2009 08:50  

Já deu saudade de te ler...

7 de outubro de 2009 11:46  

Não é tarde para se sonhar, o céu ainda é azul a esperança...

11 de novembro de 2009 11:46  

Postar um comentário

<< Home