Apenas por pessoas de alma já formada

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Aniversário

Hoje é o seu aniversário e você foi esquecido. Faz exatamente um ano que eu tive aquela dor de cabeça, tentando encontrar o presente perfeito para lhe dar de aniversário. Eu montei uma enorme caixa. Comprei vários presentes. Uns pequenos, outros grandes. Eu consegui montar o presente que eu tanto queria lhe dar: vários em um. E valeu a dor de cabeça. Eu não me sentiria bem se não tivesse feito assim. Programei o dia perfeito (que não foi perfeito, claro, nada na vida é perfeito, mas chegou quase lá). E hoje, depois de um ano, você foi esquecido. Nós terminamos. Você não valorizou o que tinha e hoje, quando passou por mim mais cedo, tinha aquele olhar de nostalgia. Você sentiu falta de um presente caprichado e um dia com uma programação quase perfeita e eu nem me importo. Se você não se importou comigo (quando mentiu e me fez sofrer), por que então eu devo me importar com você? (Você que não significa mais nada para mim.) O tempo passa rápido e é tão engraçado, não é, meu ex-amor? Como as coisas podem mudar tanto em um ano. Mudar para melhor. Mudar para pior. E sei que, ao menos isso, eu posso afirmar com certeza. Enquanto a sua vida provavelmente mudou para pior, a minha com certeza mudou para melhor.
:)
posted by mente inconstante at 14:39

5 Comments:

Queria saber me recuperar assim tb...
bj

2 de setembro de 2009 17:40  

forte esse texto :O'

2 de setembro de 2009 20:42  

nos dedicamos tanto as pessoas que acreditamos ser nossos amados,que quando descobrimos que essa dita cuja pessoa não vale tanto assim,achamos que fizemos papel de boba,mas depois de um tempo..quando as coisas se clareiam em nossa mente,notamos que fizemos o que tinhamos que fazer,o que gostariamos que tivessem feito por nos e temos nossas consciencias limpas,o problema,o remosço é algo que só deve ser preocupação de quem não deu valor e agora se encontra em completa solidão.

amei teu post,como sempre.. ;**

2 de setembro de 2009 21:07  

Ui, deve ser doloroso pra ele ler isso.
Mas, entretanto e porém só você sabe o que passou e porquê de ter dito tudo isso.
Beeijo.

3 de setembro de 2009 11:29  

Isso mesmo, temos que ser mulheres auto-confiantes e cheias de si, mesdmo que a vida mude.

Beijujubas

3 de setembro de 2009 11:56  

Postar um comentário

<< Home