Apenas por pessoas de alma já formada

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O pior de todos

- Nós precisamos conversar.
.
As três palavras que ninguém quer ouvir. Não no dia dos namorados. Sim, eu levei um pé na bunda no dia dos namorados. Nós já namorávamos há seis exatos meses e as coisas não estavam mesmo lá muito bem entre nós. Mas bem que ele podia ter esperado mais uma ou duas semanas. Ao menos um dia que fosse, não podia? Mas, não, ele tinha que ser insensível e partir meu coração justo no dia mais romântico do ano! O pior é que eu gostava mesmo dele e a marca do chute que ele me deu ficou marcado não só no meu traseiro como na minha memória. Ele me magoou e doeu como todas as feridas feitas no coração. Eu chorei, chorei e chorei tanto que já não havia mais lágrimas para tanta mágoa. O pior de toda essa história é que nós ainda voltamos. A burra aqui ainda o aceitou de volta. E pior ainda foi descobrir que ele podia, sim, me magoar ainda mais. Eu não só fui traída depois disso, como fui também a traidora. Nós não voltamos realmente. Eu só era uma distração para ele. Eu era a outra do novo relacionamento do meu ex. Esse com certeza foi o pior relacionamento da minha vida. E pior do que o fora que ele me deu, só o que eu dei nele depois.

Marcadores:

posted by mente inconstante at 13:52

3 Comments:

Essa coisa de dar fora num cara que já deu um fora na gente é maravolhoso. Nesses momentos chegamos a nos sentir vitoriosas, não é mesmo?

Beijujubas

21 de agosto de 2009 11:27  

'Chumbo trocado'.

Ah, eu nunca tive esses problemas.
Ninguém me quer mesmo. Fico com a solidão... =/

21 de agosto de 2009 15:27  

Ok, li seu relato no site da capricho e precisava comentar! Já passei por algo parecido e meio que me indentifiquei com o seu relato. Homens... ou melhor, crianças! Não conseguem entender o peso que as palavras e ações tem sobre a outra pessoa! Esse 'tipo' realmente não vale a pena! Pff.

25 de agosto de 2009 15:25  

Postar um comentário

<< Home