Apenas por pessoas de alma já formada

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Querido príncipe,

acordei desestimulada hoje. Sem vontade alguma de sair da cama. Talvez, por não ter sonhado com você. Talvez, por não ter tido notícias suas essa semana. Mas provavelmente por não ter mais motivação alguma em meu cotidiano. Não vejo importância em aprender a tecer, conversar educadamente com pessoas sem assunto interessante a me falar, ou estudar assuntos que não me chamam atenção o suficiente. Por isso ontem fugi. Fugi de tudo e voltei triste ao lembrar que hoje não poderei colocar meu plano de fuga em ação novamente. O que fiz ontem? Para onde fugi? Fugi para um lugar secreto, deserto, onde pude conversar comigo mesma. Sozinha, colocar os papos em dia com minha mente sem me preocupar com ninguém. Descobri que minha mente sente sua falta o tanto quanto eu. Está tão triste com teu sumiço que até tentar não pensar em você ela tem feito, mas você já está no meu coração e ela sabe que dali é difícil tirar. Fugir um pouco de minha realidade me apaziguou um pouco o coração. Estou tão perdida. Cansada do que faço diariamente. Algum conselho, príncipe? Umas palavras que me confortem, quem sabe? Espero que apareça novamente e não faça com que eu ou minha mente nos preocupemos ou morramos ainda mais de saudades.

Eternamente sua,
Princesa.
PS. Hoje é meu niver! Há exatamente vinte e dois anos eu estava nascendo... Juro que se não estivesse viajando escreveria algo, quem sabe ano que vem! :)

Marcadores:

posted by mente inconstante at 10:10

6 Comments:

Parabénsss!
Tudo de ótimooo pra você :)
Saúde, paz e sucesso!
beijão

10 de agosto de 2009 11:45  

Parabéns,felicidades,saúde,muitos anos de vida.Sinceramente gostaria de saber o que vc iria escrever hoje aqui.Mas vc ta viajando e esse é um belo jeito de esquecer algumas coisas e também de comemorar o seu niver.
Beijo

10 de agosto de 2009 12:27  

Hummm...
Conversar consigo mesma é ótimo.
Eu gosto. Me chamam de doida por isso, que digam. Mal sabem eles que não há coisa melhor para se fazer quando se está desolado ou perdido. Conversando conosco podemos nos desvendar, nos encontrar.
Lindo texto, Vanessa.

E, ah, parabéééns. Muitas felicidades hoje e sempre.
Tudo de melhor pra você.
Beijo, minha blogueira/escritora querida. ♥

10 de agosto de 2009 15:32  

Parabéns!!!
Muita saúde, paz, felicidade...tudo de bom!!!
E continue escrenedo pra nós...hehehehe

Beijãoo

10 de agosto de 2009 16:51  

Ahhh, parabéeens...!!
Tudo de bom pra vc, e que vc reencontre seu principe que possa de dar conselhos e te amar acima de tudo....

Bjs

10 de agosto de 2009 20:02  

Adorei seu blog. Parabéns pelos textos e pelo aniversário (atrasado)!

Ps. Já te botei no favoritos *-*
beijos,
Sofia
(http://pirulito-no-palito.blogspot.com)

11 de agosto de 2009 17:51  

Postar um comentário

<< Home