Apenas por pessoas de alma já formada

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Vazio noturno

À noite, o silêncio me fazia adormecer. Eu mergulhava em sono profundo com o silêncio que acalmava meu ser. Ultimamente não tem sido assim. Vozes altas eu ouço quando procuro pelo sono em meio à escuridão e os lençóis de minha cama. Rolo de um lado para o outro tentando silenciar as vozes que parecem cada vez mais altas. Nada consegue me acalmar. Nem o som com música alta, porém lenta e calma, reproduz efeito algum. Está dentro de mim. As vozes não vem de fora. Elas ecoam dentro do vazio de minha mente.
posted by mente inconstante at 18:59

4 Comments:

As vezes o silêncio diz tanto...
;*

31 de julho de 2009 09:32  

é o som que o silêncio faz...

é, eu meio que ejoei daquele layout aí eu tô experimentando um monte pra ver no que que dá cada um kkkkk' inconstante RS
Pow minha cidade é longe pra caramba da capital kkkk' a Ceci me disse que você vai pra Búzios, é verdade? É perto de lá ;D

:**

31 de julho de 2009 10:09  

Uma vez me falaram que o silêncio é o grito mais alto que existe,no começo eu não entendia,mas agora entendo e garanto que o silêncio é o grito mais alto que existe.
Bjo

31 de julho de 2009 13:17  

Vozes que ecoam na mente.
Hummm, tenho/tinha várias. Elas ora silenciam, ora gritam loucamente. Agora estão caladas, no silêncio da noite é que elas começam a cochichar. Mas logo caio no sono e não escuto mais nada.
:*

2 de agosto de 2009 21:45  

Postar um comentário

<< Home