Apenas por pessoas de alma já formada

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O tempo e ela

....- .Qual é?
....- .O que foi?
....- "O que foi?"
....- É. O que eu fiz?
....- Como "o que você fez?"? Você fica apressando. Tá vendo aquela pessoa ali? Ela é tudo para mim. Eu preciso de mais que uma hora. Por que você não entende isso? Para que tanta pressa afinal?
....- Eu não tenho culpa.
....- Claro que tem. Eu só quero que você pare. É tão dificil assim?
....- É. Eu não posso parar.
....- Quem disse?
....- Eu. Não dá. Eu não consigo parar. Você acha que eu já não tentei? Você acha que você foi a primeira a me pedir isso?
....- Você passa muito rapido!
....- Eu não posso controlar. É assim que eu sou. Não adianta forçar.
....- Conversa inútil. É por isso que ninguém gosta de você.
....- Pode me xingar. Eu não vou mudar. Aliás, se ninguém gostasse de mim realmente, não haveria tantas pessoas pedindo para ter sempre um pouco mais de mim.
....- Eu não quero um pouco mais de você. Eu quero MUITO MAIS daquela pessoa ali, ó. Mas você insiste em levá-lo embora de mim. Qual é?
....- O problema de vocês não sou eu. Não se engane. O problema de vocês é a minha amiga, a distância.
....- Que seja. Essa conversa não tem futuro. Não vou mais discutir. Vou sim aproveitar o que você insiste em privar de mim.
....- Está mais do que certa. Você só está me perdendo ao discutir comigo...
.
E ele, o tempo, estava certo. Não adiantava discutir. O tempo passa independente do que nós queiramos. Por mais que tenhamos vontade de fazê-lo parar, ele não pára. E o que restava à inconformada menina era apenas aproveitar o curto momento que ela e seu amor teriam juntos. O passar do tempo é inevitável.
.
posted by mente inconstante at 10:00

6 Comments:

Acho que nunca me cansarei de dizer que amo os seus textos. Este é mais um, tão lindo...

Só espero que não pare de escrever, assim para eu não parar de ler estes textos tão bonitos...

bj =*

15 de julho de 2009 11:43  

Por mais que a gente queira que o tempo pare,ele nunca vai parar,o tempo não pára...

15 de julho de 2009 13:34  

cada momento dura o tempo necessário pra se tornar inesquecível ;) tenho repitido muito essa frase, eu sei, mas ela explica taanta coisa, inclusive a falta de cooperação do senhor tempo ás vezes. Muito lindo seu texto!

15 de julho de 2009 18:37  

Digno de palmas. Vc escreve muito bem..

-eu também adoro orgulho e preconceito .Tanto o livro quanto o filme ^^

15 de julho de 2009 20:40  

Lindoooooooooo!
Amei, amei.

Ah, fiquei feliz de ter visto um comentário teu no meu blog, viu? Fico feliz de você ter gostado do meu conto lá pro Bee Writer.
Seu texto também ficou excelente, emocionante, como todos que você escreve.

:**

16 de julho de 2009 21:49  

fiquei até arrepiada! muito bonito e muito bem escrito =]

18 de julho de 2009 14:49  

Postar um comentário

<< Home