Apenas por pessoas de alma já formada

terça-feira, 21 de julho de 2009

Diferenças

Eu só lhe sou interessante, enquanto você não me tocar. Você pode admirar uma obra de arte por horas, ir embora e depois de um minuto querer vê-la novamente. Mas, uma vez que a compra, perde a graça. Pode ter ao seu alcance quando quiser, por isso não a valoriza. Ela não mais lhe encanta. Você já até nela tocou e viu que aquele misto de cores e incrível textura para daquele jeito ficar resultou em um toque áspero demais. Ela era linda de certo, porém não tão boa para ter ao lado. Ter ao lado. Acariciar. Valorizar. E ela começa a pensar que o problema é com ela. Que ela nunca conhecerá alguém que verdadeiramente a ame. Quando o que ela não sabe é que o problema não é com ela e sim com os outros. Aqueles que não sabem diferenciar amor e desejo. Desejo e amor. Amor e tesão.
posted by mente inconstante at 17:36

6 Comments:

Realmente pensamos que o problema é com nós mesmo,mas geralmente o problema é com os outros e não com a gente.
Vanessa acho que a vivi vai visitar sim,quem sabe né?espero que sim depende se for perto,mas creio que vai sim.Eu também espero que nossa amizade só cresça.
Bjo

21 de julho de 2009 19:15  

O nosso valor não muda, o que muda é a percepção de cada pessoa.
beijos

21 de julho de 2009 20:41  

Humm...
Interessante isso que você escreveu.
Mas sabe o que acontece?
As pessoas perderam a visão, a sensibilidade. Se acostumam tanto com as coisas ruins (apesar de que elas vêm atormentar à noite destas) como com as coisas boas (sim, se acostumam, sabe que já tem, que não precisam mais lutar pra conquistar, e perdem o gosto de contemplar a cada dia, por uma questão de psicoadaptação, se adaptaram e se acostumaram a felicidade que não veem mais o brilho disso...). É triste isso. Muito triste mesmo.

:**

21 de julho de 2009 21:40  

te indiquei um selo.
:*

21 de julho de 2009 22:58  

Realmente, o problema não é com ela!

22 de julho de 2009 01:30  

Né? As pessoas já pederam o sentimento e só quem é hiper sensível tem a sensibilidade que a gente gostaria, infelizmente. E infelizmente todo mundo se acostuma com qualquer situação, fora os sensíveis o bastante pra sonhar. Quer saber? Só seja sensível e sonhe, não se acostume com nada ;D

22 de julho de 2009 10:42  

Postar um comentário

<< Home