Apenas por pessoas de alma já formada

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Sobre aquela inesquecível vez

Eu só queria estar contigo. Você só queria estar comigo. A sutileza do teu convite não me fez perceber que, naquele dia, o que nós já ensaiávamos há algum tempo finalmente iria ocorrer. Foi estranho, claro. Como poderia ter sido normal se nunca havíamos feito nada parecido antes? Eu não sabia o que fazer. Eu sabia que não devia me preocupar. Nossos pais fizeram (e provavelmente ainda fazem), meus filhos também farão e meus netos e bisnetos, algumas amigas já faziam, eu faria naquele momento ou num futuro próximo (mais cedo ou mais tarde eu com certeza teria que passar por aquela experiência). Faz parte da nossa natureza. Nascer, crescer, reproduzir e morrer. Eu já havia nascido e crescido. Já estava na hora de ensaiar o reproduzir. É que naquela época dava um medo do desconhecido. Mas a curiosidade também falava alto. Então, fiz. Tudo consciente, claro. Isso era o mais importante para mim. Mas não foi como um conto de fadas. Foi seguro e certo, porque foi com alguém que eu amava e confiava. E eu não voltaria ao passado para mudar nada. Foi com a pessoa certa. No momento certo. Mas sinceramente? Melhor do que a primeira vez é ter a segunda, terceira, quarta... Primeira vez mesmo só numa caixinha de lembranças chamada memória. Eu não voltaria para a primeira. Continuo preferindo a experiência aos momentos “não sei bem o que eu estou fazendo", vocês também não?

Marcadores:

posted by mente inconstante at 15:12

7 Comments:

lindo o texto... Primeira vez... aiaiai, tenho medo! hahaha
beijos

16 de julho de 2009 18:53  

Tem selo pra vc lá no blog.
bjs Vanessa.

16 de julho de 2009 19:56  

Primeira vez...
Quando será a minha? ahahahaha!
Eu tenho medo. =x

:**

16 de julho de 2009 22:34  

sim sim, tbm sou de Manaus.
ahh! fico feliiz em encontrar blogueiros daquii :]

beijos e obrigada pela visita :]

17 de julho de 2009 00:08  

A primeira vez não é mesmo nenhum conto de fadas. Acho que nós, mulheres, é que fantasiamos isso. É especial, claro, por ser a primeira, mas as outras são melhores certamente.
beijos

17 de julho de 2009 09:00  

" Continuo preferindo a experiência aos momentos 'não sei o que eu estou fazendo' " Pois é, traduz o medo que todos temos ;D Nem sei de onde é aquela frase, mas ela é perfeita cara (:
:*

17 de julho de 2009 14:24  

Primeira vez...
Quando será a minha? ahahahaha!
Eu tenho medo. =x [2]

17 de julho de 2009 15:40  

Postar um comentário

<< Home