Apenas por pessoas de alma já formada

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Na cozinha

Como é que você nunca aprendeu a fazer miojo? Isso só prova o quanto você precisa começar a viver sozinho longe da barra da saia da sua mãe. Vem cá. Sai do fogão. Eu faço isso para você, mas só hoje. Da próxima vez, você vai ter que tentar sozinho. Acontece que eu acabei de limpar as bocas do fogão e não quero que você suje tudo de novo. Aproveita e vai ali na geladeira. Pega uma gelada para gente. Só há uma, mas não tem problema, o que é meu, é seu. A gente divide. E fecha a varanda também. Já está começando a esfriar. Não, não me abraça agora. Eu estou toda suada da faxina que você interrompeu, lembra? O que você está fazendo? Não, não me levanta assim. Eu sou uma baleia fora d'água. Você não vai aguentar o meu peso. Para onde você está me carregando? Me coloca no chão, Alexandre! Ah, não, não me beija assim. Quer saber? Isso está bom demais. Não, não ouve nada do que digo. Só continua me beijando desse jeito que eu deixo a conversa de lado. :)


(continua)
posted by mente inconstante at 23:59

2 Comments:

It could be a happy ending....Nice

3 de maio de 2011 14:12  

xD Huuuu quero a continuação.
Bjos

3 de maio de 2011 21:32  

Postar um comentário

<< Home