Apenas por pessoas de alma já formada

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Cada palavra por ele dita ardia minha pele, martelava meu coração e fazia com que eu percebesse a realidade ao meu lado nunca antes notada: ela era mais bela que eu. Mais graciosa e engraçada. Tinha um sorriso que iluminava os cantos por onde passava e eu nem de longe era tudo que ela era. De certa forma, eu sempre gostei de ter uma amiga que parava o trânsito. Isso dava a ela passe livre no que quisesse fazer ou para onde quisesse ir. E eu, como amiga inseparável que era, ganhava passe livre também só por amiga dela ser. No entanto, quando o assunto é garoto, o passe livre aparentemente não funciona. Ele queria minha amiga e não eu. Não se ganha passe livre nessas situações. Eu fiquei sem falar com ela por alguns dias. Eu, magoada e ela, confusa. Afinal, ela não tinha culpa. Não sabia o que, sem querer, tinha feito. Como explicar a ela que sua perfeição, que até então nunca me incomodara, agora me fazia nem mais olhar em seu rosto? "Ela não tem culpa", eu dizia incansavelmente a mim mesma. Mas como é duro lutar contra tanta perfeição!
Alguém me sugere um título para esse post? :)
posted by mente inconstante at 14:42

6 Comments:

É, realmente é duro.
Nem sei te dizer o título...

24 de maio de 2010 16:19  

ela não tem culpa seria um bom títulos (:
é duro mesmo, passei por isso

24 de maio de 2010 18:18  

Oi! Sempre leio seu blog, gosto muito! Parabéns por ele!! Uma sugestão de título que eu deixo é: "Amigas Inseparáveis". Até mais. Bye

24 de maio de 2010 22:55  

Que tal: ''E eu aqui''

:**

26 de maio de 2010 21:49  

É uma situação bem chata... que eu conheço muito bem...
Nessas horas, temos q buscar um diferencial que surpreenda de verdade! E assim... sobressair!

26 de maio de 2010 23:41  

Hum...
Amizades tem dessas coisas...
=/
Um titulo...
Que tal : "Cobiça?"...

Bjs

29 de maio de 2010 22:32  

Postar um comentário

<< Home