Apenas por pessoas de alma já formada

sábado, 11 de junho de 2011

Just in case

Eu adoro essa caneta. Não quero largá-la tão cedo. O problema é que já começa a falhar. Nada é para sempre. Tenho uma maldição. Destruo tudo em que toco. Esbarrei com ele na rua. Quase sem querer. É que eu meio que sabia que ele estaria lá. Minha amiga, que também é amiga dele, me confidenciou. Entregou a dica de presente em minhas mãos. E eu fui até lá fingindo que a hora exata era apenas coincidência. Você acha? Foi nada. Eu estava com uma pilha de papéis dentro da agenda e a agenda não caiu sem querer querendo? Se ele não me ajudasse a recolher os papéis do chão, eu deixaria para lá. Não correria atrás dele. Eu queria um gentleman, não um brutamonte mal-educado. Acontece que ele estava de fones, o que me faria perdoá-lo se passasse reto sem se importar. O que não aconteceu, claro, já que ele não ouviu, mas viu. E me ajudou com os papéis. Ninguém mais parou além dele para me socorrer. O que não faria diferença alguma, talvez viessem até a atrapalhar. E quando fui lhe dizer "obrigada!" fiz o aparelho que usei por anos valer à pena: abri o sorriso com esses dentes tão perfeitamente alinhados e ele me devolveu um belo sorriso também, acompanhado de um "não-tem-de-quê". Mas, diferente de mim, ele tinha um sorriso natural, sem nada fora do lugar, mas nada de parar o trânsito, either.
- Bom te rever.
Ele se surpreendeu com minhas palavras:
- Nós nos conhecemos?
Uma vez só. Rápido demais para que ele se lembre. Não lhe expliquei isso. Só parti com o mesmo sorriso de antes:
- A gente se esbarra por aí.
Bom mesmo é quando a gente faz acontecer. Homens gostam de mulheres misteriosas. Mais misteriosa que isso impossível. Ah, e a caneta voltou a funcionar, embora eu tenha que comprar outra ainda assim. Just in case.
posted by mente inconstante at 08:30

2 Comments:

Hahaha...
Amei!!!
Leve, curioso e cativante...
Adorei!!!

Bjs
Saudades daqui!!!

12 de junho de 2011 21:12  

Adorei! Queria a continuação... hehe!
Beijos, parabéns!

15 de junho de 2011 12:22  

Postar um comentário

<< Home