Apenas por pessoas de alma já formada

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Imaginação

Menina corria o risco de ser quem realmente era apenas quando estava sozinha, longe de olhos alheios. Perdida em um mundo só seu, onde ninguém lhe julgava por sincera não ser. Sim, ela mentia, mas não por gostar de enganar as pessoas. Mentia para fugir do pesadelo que era sua vida. Inventava arco-íris em seus céus nublados. Criava raios de sol em sua varanda, mesmo que soubesse que nunca seria capaz de forjar o sol. Até a chuva nunca era verdadeira. Conseguia criar apenas respingos de água. Sua varanda, eu disse? Nem casa, nem tampouco varanda possuía a pobre menina. Mas mentia dizendo que, sim, possuía. Um castelo onde tudo era possível ter. Era rica, nisso ela não mentia. Rica em imaginação.
posted by mente inconstante at 22:38

5 Comments:

ai que triste pelo menos ela tava querendo ser feliz.. deixa de ser chata

=*

24 de abril de 2009 11:38  

Mil desculpas pela demora, mas é que eu preso vestibular esse ano, então, nem estou tendo muito tempo para internet! Pois é, cortaram várias partes do meu texto também .. Mas como você disse, pelo menos a gente apareceu! hahahaha .. Beijocas =)

26 de abril de 2009 10:45  

lindo!

26 de abril de 2009 19:38  

QUELINDO !sério muito lindo mesmo,adorei tudo,mas esse final,foi perfeeito :D É a vida que ela inventa pra pelo menos ter um motivo pra ser feliz.ADOREI

7 de maio de 2009 22:24  

adorei, sabe se expressar muito bem, tú tens uma imaginacao que vai além da desbanalizacao...

abraços
continue escrendo

daqui uns anos, serei a primeira a comprar seu livro, após publicado

Mari

21 de maio de 2009 14:36  

Postar um comentário

<< Home