Apenas por pessoas de alma já formada

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Sky

Sorrisos espalhados no céu estrelado de nossos beijos. Asas que batem flutuantes no ar em uma dança que envolve nossos bobos corpos no que parece ser um xote trotado, talvez disfarçado de valsa, enganando ingenuos corações. Mas o que importa se o que realmente conta é a proximidade de nossos passos? Bobeira que proporciona felicidade. Ah, diz que sente minha falta, quando a borboleta de nossos sonhos volta a ser a lagarta de nossos pesadelos. Há sem dúvida algo maior entre nós que uma metamorfose forçada. Por que o que a gente sente por dentro continua intacto. Ve? A poeira de nosso amor sequer sentou. São palavras desconexas que se unem tentando comunicar que nossa história ainda não teve um fim. Não lembro nem como iniciou. Mas ainda existe e engana e faz feliz e perde o sentido só para achá-lo novamente depois. Afinal, o que importa a direção se há o sentimento e isso é mais relevante que significados fantasiados de verdades inconvenientes? Teus dedos criam desenhos permanentes em minha pele que te sente e deseja e grava tua assinatura com as digitais inegáveis de nosso eterno sentimento, seja ele qual for.
posted by mente inconstante at 10:00

6 Comments:

Fico encantada com a doçura que tua alma carrega nas pontas dos dedos, menina. Teu coração, as vezes, explode como fogos de artifício...
Ah, o amor é uma coisa louca. Ainda bem. Digo.

Meu abraço! (^^)

10 de fevereiro de 2011 13:03  

Belo! Intenso! Sensual!
Cada palavra é uma doce caricia deslizando suavemente sobre a pele...


Beijos,
AL

11 de fevereiro de 2011 14:11  

À pedidos, tem post novo no 'Ausência de Realidade'. Rsrsrs
Obrigada, Estrela, pela luz que vc me passa.

Abração.

11 de fevereiro de 2011 14:14  

Incrível como a dor nos faz escrever tão bem!
Como nos comentários acima, não me vem outra palavra na mente do que: intenso! Foi o que ficou.

Triste, mas tão rico... tão lindo.

Beijo enorme. Agradeço o carinho!
Ótima semana a você.

11 de fevereiro de 2011 16:31  

Que texto bonito de sentir.
Gostei muito! (:

13 de fevereiro de 2011 01:16  

muito bonito o texto,bem marcante!
obrigada mesmo, e espero que você também continue aparecendo no meu cantinho :)

beijos

13 de fevereiro de 2011 11:13  

Postar um comentário

<< Home