Apenas por pessoas de alma já formada

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

E se meu pônei voasse,

eu iria até seu castelo e cantaria loucuras singelas, pois sabes bem: sou tímida. Nada além de singelezas. Mas antes mesmo que eu pudesse me aproximar, tu me atacarias, pois pensarias que sou um disco voador desses bem excêntricos. Sempre muito cego, meu ingênuo amor. Então, meu pônei e eu voltaríamos tristes para nossa humilde casa, embora felizes por termos ao menos te visto, ainda que de tão distante. Seria uma dessas histórias que arrancaria risadas de nós. Tu e eu, bobos apaixonados, que sempre rimos, quando juntos, de tudo. Por mais infeliz que esse tudo seja. O pônei sumiu, mas a saudade permaneceu.

:)
posted by mente inconstante at 23:59

3 Comments:

Aiiii muito fofo, adorei!!
xD

3 de dezembro de 2010 20:16  

Meu amor além de ingênuo é bobo, sabe?
beijos

10 de dezembro de 2010 13:38  

Eu gosto de sentir saudades, pois sempre quando as sinto me sinto viva. Pior seria sentir aquele vazio sempre.
Sempre quando venho aqui e leio a frase: Apenas por pessoas de almas já formada. Penso no amor. Penso que minha alma já é pós-graduada. Não, não é de rir. :)

11 de dezembro de 2010 23:10  

Postar um comentário

<< Home