Apenas por pessoas de alma já formada

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Por um mundo melhor

Se eu pudesse voltar ao passado, convenceria o inventor do plástico (assim como o inventor das armas) de que esse não seria seu maior e melhor feito. Daria amor a uma criança chamada George W. Bush, contando-lhe histórias sobre como praticar a paz traz mais alegria e dignidade do que praticar a guerra. Diria “não, aqui não!” aos navios portugueses que cá atracaram quinhentos anos atrás. Ensinaria o valor da desigualdade racial a um adolescente rebelde chamado Hittler. Diria aos Mamonas Assassinas para confiarem mais em seus sonhos. Aconselharia John Lennon a tomar mais cuidado com seus fãs. Pediria a Kurt Cobain para abençoar-nos com seu futuro musical ao invés de privar-nos dele. Mostraria a Getúlio Vargas o que a história diz hoje sobre ele e seu ditador governo. Lembraria a Cazuza e a Renato Russo a importância do sexo seguro e me uniria a Che Guevara em seus diários de motocicleta, voltando ao futuro apenas para saber se minhas mudanças geraram algum beneficente efeito. Talvez assim encontrasse um mundo mais pacífico e saudável, um Brasil mais rico e meus ídolos ainda vivos cantarolando musicas perdidas pelo destino.

Marcadores:

posted by mente inconstante at 14:35

1 Comments:

Lindo!

Amei seu blog!

1 de maio de 2009 11:24  

Postar um comentário

<< Home