Apenas por pessoas de alma já formada

terça-feira, 5 de julho de 2011

Falsas barreiras

Caminho sobre a água, efetuo milagres, só para ver você. Você que inventa lagos entre nós, desenhando obstáculos que julga difíceis o suficiente para manter-te longe de mim. Mas o que você não entende é que quando o desejo é grande não há barreiras, meu ingênuo amor. Logo perceberá que o lago secou e não há motivo algum para impedir-me de chegar até você. Esse lápis de cor que carrega nas mãos um dia acabará, melhor para você que não seja junto a meu afeto. Ele precisa ser regado. Ato que você nunca efetua. Quem sabe, um dia. Que não seja tarde e já marque a hora de ir, para o teu próprio bem.
posted by mente inconstante at 07:09

1 Comments:

O arrependimento é o pior dos sentimentos, tomara que ele se renda ao amor antes que seja tarde! Lindo Vanessa, parabéns!

5 de julho de 2011 13:37  

Postar um comentário

<< Home