Apenas por pessoas de alma já formada

quinta-feira, 22 de março de 2012

Estática

Já não posso mais com essas ruas tortas. O quanto te custa admitir que eu faço parte do seu ser de uma forma tão intrínseca que não há mais como partir? Se insiste na ilusão, rogo então para que me deixe ir sem a possibilidade de retorno, mas teu medo de sentir saudade sem cura é maior que o apreço por minha pessoa. Por isso, me procura no número certo, mas de endereço errado. E eu colido em um beco sem saída, o que não importaria se no final dele estivesse você. Embora nunca esteja, porque você está sempre de partida e isso de becos não é contigo, porque você não é de reformas. Só de casas novas. E a minha infelicidade está em ser justamente um casebre antigo demais para você tentar reaver. Oco é o vazio. Eco é onde as minhas perguntas mergulham na procura por um beijo eterno seu.
posted by mente inconstante at 15:04

1 Comments:

Como sempre encantador...

Bjs!!!

23 de março de 2012 21:59  

Postar um comentário

<< Home